Música Um roteiro inspirado em uma das melhores cantoras de ópera do mundo: Mariana Cioromila

Um roteiro inspirado em uma das melhores cantoras de ópera do mundo: Mariana Cioromila

Para os que estimam a música clássica, Mariana Cioromila é referência imprescindível ao se tratar deste tema.

Reconhecida internacionalmente, a romena radicada no Brasil, possui grande talento e carreira muito prestigiada. Cantora lírica, é também docente especializada na matéria.

Com célebre trajetória de três décadas entre mais importantes óperas do mundo, ao todo, já representou sessenta e quatro personagens, alguns ao lado de artistas de muito renome, como Placido Domingo,Giussepe di Stefano, Renato Brusson e outros mais igualmente conceituados.

Condecorada com inúmeras premiações pela Europa e América do Norte, seu dom e experiência por mais de trinta países, indubitavelmente a tornaram uma grande cantora da filarmônica, bem como expert das melhores nacionalidades para se apreciar as mais belas partituras.

Em seu rico repertório de atuações, foi parte marcante de aclamadas óperas ao redor do globo, lugares que se destacam pela excelência e elegância de sua música clássica. Pensando nisto, selecionamos algumas de suas apresentações mais famosas, ótimas dicas de roteiro para os que buscam o bom gosto das composições.

  • Do literato Merona no show “Cosi fan Tutte” , como Dorabella – em Gersenkirchen, Athena, Gent, Bruxelles, Berlin;
  • Escrito por Massenet atuou em “Don Quichotte“, dando vida a Dulcinea – em Klagenfurt, Bordeaux, Berna;
  • De Mussorsky a apresentação “Boris Godunov“, no papel de Marina – em Berlin, Houston;
  • Na obra de Ponchielli “La Gioconda“, foi La Cieca – em Berna e Frankfurt, dividindo o espetáculo com Bergonzi, e na companhia do Maestro Patane Laura em Berlin, Toulon;
  • Outra composição de Ponchielli, “La Traviata” como Flora – em Berlin, Bucarest;
  • E também do italiano Ponchielli “La Forza del Destino“, desta vez, na pele de Preziosilla – Berlin, Gelsenkirchen;
  • Do aclamado Mozart , “Le Nozze di Figano” , sendo Cberubino – em Gelsenkirchen;
  • Ópera de Bizet , “Carmen” , no papel de protagonista – em Nice, Praga, Limoge, Bucarest, Riga, Nowosibisks e nos festivais de Glyndeborne, Varna;
  • No espetáculo escrito por Bellini , “Norma“, viveu Adalgisa – em Nantes, Bastia, Bruxelles, Liege, Gent, Roven, Montpellier Limoge, Antwerpen, Besacon;
  • De autoria de Verdi, “Don Carlos” , interpretou Eboli em parceria com Julia Varady – em Gent, Antwerpen, Montpellier, Limoge, Liublyana, Kiel, Berlin, Bruxelles, São Paulo;

As formidáveis apresentações de Marina Cioromila, nos principais palcos do mundo, incontestavelmente se formatam como inspiração de roteiro a todos que apreciam a arte das óperas, uma excelente dica de destino para a próxima viagem.