Religiosa Dicas BVT: Viagem para Israel

Dicas BVT: Viagem para Israel



Israel é marcada por belas histórias de séculos atrás que são contadas através de ruínas, templos e antigas construções. Mas muito além disso, é também um país em constante crescimento, onde o antigo e o moderno se fundem contrastam de forma harmoniosa.

Aqui separamos um tour especial com dicas para desfrutar ao máximo este destino.

1º dia: Aeroporto Ben Gurion/ Tel Aviv

Chegada ao aeroporto Ben Gurion. Assistência pelo staff da Bon Voyage e traslado ao hotel em Tel Aviv.

2º dia: Tel Aviv / Planície do Saron/ Galileia

Saída a Joppe, hoje chamada de Jaffa, é um dos bairros da cidade de Tel Aviv, como descrito no Ato dos Apóstolos, foi em Joppe onde Pedro teve a visão dos animais misturados e onde ressuscitou a Tabita (Dorcas). Seguindo viagem pela Planície do Saron, visita a Caerarea Marítima que foi a Capital dos Governadores Romanos e para onde o Apóstolo Paulo foi levado para apresentar-se diante das autoridades Romanas. Subida ao Monte Carmelo, chegando a Muhraka, lugar onde o Profeta Elias se defrontou com os sacerdotes de Baal e provou ao povo quem é o Deus Verdadeiro. Entrada à Galileia pelo Vale do Esdralão e visita ao “Tell” Meggido, local do futuro Armagedão. A viagem segue a Nazaré, cidade da Anunciação. Chegada ao hotel na região da Galiléia.

3º dia: Mar da Galileia/ Planalto do Golan

O dia inicia com um passeio de barco no lago de Genazaré, viajando às margens do lago. Visitas a Cafarnaum, chamada de “A Cidade de Jesus”; Tabgha, local do Milagre da Multiplicação dos Pães e Peixes e onde Jesus Ressuscitado apareceu aos seus discípulos no Mar da Galileia. Subida ao Monte das Bem Aventuranças, local do Sermão da Montanha. A viagem segue a Banias, nascente de um dos rios que formam ao rio Jordão, e local de Caesarea de Felipe. Subindo ao Planalto do Golan, se conhece as antigas fortificações Sírias e panorâmica do Monte Hermon. Regresso ao hotel na região da Galileia.

4º dia: Rio Jordão/ Vale do Jordão/ Jerusalém

O dia inicia em Yardenit, local no rio Jordão preparado para celebrações de Batismos. Continuação à Fonte de Harod onde Gideão preparou aos homens que o acompanharam na batalha contra os medianitas. Panorâmica dos montes de Gilboé e visita às ruínas de Beit Shean que foi uma das Decápolis Romanas. A viagem segue a Jerusalém. Entrada triunfal à cidade. Chegada ao hotel.

5º dia: Monte das Oliveiras/ Monte Sião/ Belém

Saída via Monte Scopus ao Monte das Oliveiras para a primeira panorâmica e explicações sobre a cidade. Visitas ao local da Ascensão, Gruta do Pai Nosso e Horto de Getsemani. Continuação ao Monte Sião onde se encontram a igreja de São Pedro em Galicantu, a casa de Caifas com a prisão de Jesus – lugar onde Jesus foi negado por Pedro -, o Cenaculo, e a Tumba do Rei Davi. A viagem segue a Belém e ao Campo dos Pastores. Regresso ao hotel em Jerusalém.

6º dia: Cidade Velha/ Cidade Nova

Saída à Cidade Amuralhada onde entrando por uma de suas portas se conhece o bairro Judeu, o Cardo Bizantino, as muralhas de Nehemias e o Muro das Lamentações. Se possível, visita a Explanada do Templo. Visita ao túnel Hashmoneo que é a continuação do Muro ocidental do Templo. Continuação ao Mosteiro das Irmãs de Sião onde estão os litóstrotos e de lá ao Tanque de Betesda. Possibilidade de prosseguir pela Via Sacra tradicional, terminando na Igreja do Santo Sepulcro. Continuação até o Jardim da Tumba e possibilidade de celebração da Ceia do Senhor. Regresso ao hotel em Jerusalém.

7º dia: Jerusalém – Cidade Moderna/ Yad Hashemona

Visita à parte moderna da cidade, a Menorá que está diante da Knesset que é o candelabro de 7 braços e emblema do Estado de Israel, o parlamento do Estado de Israel e a Grande Sinagoga, visita ao Santuário do Livro e á maquete de Holyland que descreve Jerusalém do período do Segundo Templo, ambos no museu de Israel. Continuação a Yad VaShem, o museu-memorial aos 6 milhões de judeus que morreram no holocausto da Segunda Guerra Mundial. Saindo da cidade, uma parada em Emaús e visita à comunidade messiânica de Yad HaShmona com seu Jardim Bíblico. Jantar e culto com os membros da comunidade. Regresso ao hotel em Jerusalém.

8º dia: Região do Mar Morto

Saindo pelo deserto de Judeia, viagem a região do Mar Morto. Visitas a Qumeran, caves onde foram descobertos os manuscritos do Mar Morto e visita a fortaleza de Massada construída por Herodes, o Grande e foi o ultimo reduto dos Judeus na Grande Revolta contra Roma. Antes do regresso, possibilidade de flutuar no ponto mais baixo e de águas mais salgadas do Mundo, o Mar Morto. Regresso ao hotel em Jerusalém.

9º dia: Jerusalém/ Aeroporto Ben Gurion

À hora demarcada, traslado ao aeroporto Ben Gurion.

A Comunhão no Jardim da Tumba pode ser reservada com antecedência e será oficializada pelo Pastor Acompanhante.

 

Consulte Hotéis e Tarifas